terça-feira, 23 de novembro de 2010

como é ser tão forte?

eu tenho me chateado muito com coisas que não me chateavam mais. como se todas feridas secas tivessem reaberto. me sinto tão fora de mim.
as pessoas dizem coisas, que nem elas mesmas sabem, mas nós fingimos não entender, fingimos não ouvir, mas nós sabemos o que foi aquilo, nós entendemos muito bem.
tenho vontade de não existir as vezes, tenho vontade de correr, tenho tanta vontade de chorar. companhias não é suficiente, nem chorar tem sido suficiente.
eu queria me sentir mais capaz, queria que sentir mais forte, queria ser inatingível, mas isso é impossível, e eu sei isso. só simplesmente não queria que fosse assim.
eu não quero ser dura e eu não quero ser orgulhosa
não preciso ser consertada e certamente não preciso ser achada
não estou perdida, eu preciso ser amada

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

muito mais que um brinquedo

todos os dias eu acordo acreditando que tudo vai dar certo. sonho com coisas boas, e sempre acredito que todos eles irão se realizar. porém não é desse jeito, sonhar e correr atrás sempre parece não ser suficiente. amar alguém de verdade não faz ela te amar também. assim como acreditar em sonhos faz eles se realizarem...
as pessoas traem sua confiança, mentem pra você, e agem como se nada tivesse acontecido.
elas te enganam, dizem que te amam, dizem que vão estar ao seu lado, mas elas são as primeiras pessoas a nos dar as costas quando precisamos. dizem que nunca vão fazer nada pra te magoar, mas são as primeiras a partir seu coração. dizem que nunca vão encontrar alguém melhor, mas são as primeiras a te trocar por outro alguém qualquer.
talvez um brinquedo velho tenha muito menos valor do que um brinquedo novo, até o brinquedo novo quebrar.
cansei de ser um brinquedo velho, mas não quero ser um novo. quero ser alguém, que ama e é amado, não quero manipular e nem ser manipulada, quero ser eu mesma, com meus erros e defeitos, e quero que gostem de mim dessa maneira.
eu só queria que o pra sempre durasse mais do que parece durar,
eu queria que o pra sempre não se acaba-se
que ele apenas fosse para sempre.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

alguém como você

eu venho andado pensando em tantas coisas, mas venho pensando mais ainda em você, eu não gosto disso, mas é tão inevitável, se tornou natural. e mesmo eu não querendo, ou não gostando, eu sei que preciso. eu não sei onde achar alguém que me olhe desse jeito, alguém que me faça rir tanto, e que me deixe com tanta raiva as vezes. eu não sei sei você realmente gosta de mim, e talvez todos meus medos se resuma a isso.
mas eu realmente preciso de alguém como você.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

enganos

ela queria mais do que alguém que à amasse, queria amar e sentir que está sendo amanda, queria ter motivos pra sorrir, queria sentir borboletas enquanto falava com ele, ela queria ter um motivo pra ser feliz. e ele era o tipo de menino que ninguém poderia se apaixonar. ela sabia disso, por isso não o escolheu. ele viu que ela era tudo. ela continuou esnobando ele. ele sentia tudo que ela queria sentir, por ela. ela não acreditava. ele queria ela. ela tinha medo. ele jurou o amor dele. ela desprezou qualquer tipo de afeto que vinha dele. ele se cansou. ela achou melhor. ele foi embora. e ela se apaixonou. ele conheceu outro alguém. e ela nunca conseguiu esquecer ele.

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...