segunda-feira, 10 de outubro de 2011

apenas mais um pouco de bagunça

A bagunça estava clara. Seus cabelos presos de uma maneira desajeitada queriam se desprender daquele laço. Seus olhos estavam perdidos - como de costume - perdidos em algo que certamente ela não sabia. Seus pensamentos flutuavam, de tão longe, ela nem ao menos sabia no que estava pensado. Novamente a confusão havia a encontrado. E lá estava ela, rodeada de pessoas e sozinha... Ela conhecia aquela sensação - e tão bem - sabia que daqui a pouco novamente as lágrimas voltariam... Diferentes é claro... Voltariam sem vida. Sua cabeça estava tão confusa que talvez chorar fosse automático. Seus olhos não se embaçavam, mas conseguia sentir as pequenas gotas deslizando sobre sua face. Estaria ela sozinha novamente? Ou isso era apenas falta? Falta?! Mas de quê? Na verdade, nem ela sabia...

Um comentário:

Satierff disse...

Desculpa me expressar assim, mas Caramba!
Gostei muito do que li nesse post, não de ver a personagem com todo seu sofrimento oculto, mas pela forma como você soube descrever isso. Senti vontade de querer ler mais, e isso, acho que só você pode me oferecer agora ;D Não só para mim, mas para todos os seus seguidores aqui no blog.
Este texto é de sua autoria? Se for mesmo, vale muito a pena criar uma história para essa personagem tão rica de personalidade.

Desde já, quero agradecer a visita ao meu blog, e dizer que será bem vinda sempre que quiser me visitar novamente. E também quero parabenizá-la por este post, e também pelos outros neste blog, que li e desfrutei.
Estou seguindo.

Grande beijo.
satierff.blogspot.com

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...