sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Metades

Um pedaço de papel meio rasgado, meia dúzia de pratos meio sujos, alguns copos meio vazios, e duas pessoas meio felizes. Era tudo que ela conseguia enxergar, pelo menos naquele momento. Os dois estavam quase ali, se não fosse por suas mentes que estavam longe demais. Ela pensando no quanto gostava dele, e ele pensando quando finalmente saberia o que ela sentia.
Estavam os dois pela metade, mas ainda faltavam muitas coisas para finalmente se sentirem completos. Eles poderiam fazer muitas coisas naquele momento, mas a verdade é que meio amor ainda não é suficiente.
Seus olhares se encontraram no meio de tantos meios, e não foi preciso dizer nada. Suas mãos apenas se tocaram, e foi o suficiente pra saber, que meio amor, é amor também.

Nenhum comentário:

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...