quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sobre bagunçar


Quando as coisas começaram a se complicar, eu sabia o que devia fazer. Sabia perfeitamente que o meu dever naquele momento era fugir. Correr pra longe, e te deixar lá. Mas não fiz isso. E quero deixar claro que a culpa não é minha. A culpa é sua. Sim, é sua!
Eu não tinha intenções de deixar você entrar, já tinha muita bagunça aqui. Não tinha espaço pra você... Mas você deu um jeito, você se infiltrou e quando eu percebi já estava aqui organizando as coisas, e jogando fora o que não prestava mais.

domingo, 13 de janeiro de 2013

Questão de escolha


- Você acredita em contos de fadas, é isso mesmo? - ela disse enquanto ria alto.
- Ah, não é isso sua boba - ele dizia enquanto a beliscava para ver se continha o riso.
- Então o que é?
- Você não acredita que às vezes duas pessoas possam ser felizes para sempre?
- Eu não sei... - dessa vez ela conseguiu parar de rir e começou a pensar. - Acho que depende das pessoas. Existem casais que vivem para sempre, mas a maioria não é feliz... E em muitos casos, nunca foram felizes, e provavelmente nunca serão...
- É triste isso, não?

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Anel de brilhantes


"Você me ligou aquela tarde, disse que precisava me ver, então eu fui. Fui com todas minhas expectativas e meus desejos. Fui com toda a vontade que alguém pode ter no mundo. Preparei a melhor roupa, as melhores conversas, o melhor sorriso. Preparei o melhor de mim.

Conversamos tanto, rimos, compartilhamos tantas coisas. Mas era tudo falso. Todo aquele papo sobre o emprego novo e os planos para o futuro. Era tudo mentira meu amor, me desculpa. Todas minhas expectativas eram falsas, e eu sabia desde o começo.

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...