terça-feira, 26 de março de 2013

Não é pouco


Essas coisas acontecem rápido demais. Eu não estava preparada e nem imaginava. Não imaginava que de repente alguém poderia aparecer assim e me virar do avesso como você fez. Não esperava que alguém fosse simplesmente chegar e me tirar da minha zona de conforto, me colocar no meio de uma guerra e o melhor de tudo, ficar lá comigo.

Você sabe que ando sem jeito pra escrever. É como se você tivesse tirado toda a minha capacidade de poetizar, como se tivesse arrancado de mim todas as palavras que eu poderia escrever. Você tira de mim essa vontade de complicar. Mas eu estou aqui tentando, tentando de alguma forma te dizer que você é especial, e que por mais que eu tente, eu não sei como não complicar.

Não sei dizer outra coisa a não ser dizer que você é um bobo, e que eu adoro isso em você. Você tem esse seu jeito de conquistador, mas é um tímido nato. Você não sabe se portar em jantares românticos e nem me abraçou enquanto eu segurava o guarda-chuva. Sem contar que você era incapaz de me olhar nos olhos, e isso me irritava de certa forma. Isso me irritava muito.

Mas de repente lá estava você me abraçando forte, sussurrando quão linda eu estava, colocando meu cabelo atrás da orelha, e finalmente olhando nos meus olhos. Você me olhava profundamente, e seu coração batia forte, e eu percebi. Eu percebi e queria parar o mundo naquele momento. Queria que aquele momento pudesse se eternizar. Mas eterno é muito, e eu quero agora.

Eu me pergunto constantemente o que de tão incrível que você viu em mim. O que é que você achou aqui que nenhum outro conseguiu achar. O que é que te agrada tanto que faz você sorrir que nem bobo... Mas essas respostas não são tão importantes, porque nem eu sei o que é que eu vi em você, mas eu só sei dizer que vejo. E que eu gosto. E não é pouco.

Agora você pode rir e jogar na minha cara que não sou a durona que dizia ser. Pode falar que sou louca, linda, insuportável, deusa, chorona, neurótica, ou o que você quiser...

Essas coisas são assim mesmo, ninguém nasce sabendo e acontece. Aconteceu e eu não quero que acabe, não quero que me preparem, nem que me ensinem. Gosto desse jeito, quero essa bagunça, quero tudo exatamente como está. Deixe ser... 

Nenhum comentário:

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...