sexta-feira, 17 de maio de 2013

Sobre vulcões, eu, Marina, João...


Acontece que não consigo aguentar certas coisas, e bem acho que isso não ocorre só comigo. Marina também não suportava certos tipos de atitudes. Acontece com todo mundo, inclusive com João.
Acontece que temos uma coisa dentro da gente, talvez seja o orgulho, mas não tenho certeza agora. Uma coisa que não nos faz querer acreditar que não somos tão bons. Temos o instinto natural de querer ser os melhores. Bem, eu tenho, João disse que tinha isso também..

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Lavanda


Tinha muito barulho, ele sentia sua mente se desfazendo e queria cair. Queria apenas se espatifar naquele chão e por lá ficar, mesmo com toda aquela gente, e todo aquele barulho. Queria apenas desligar-se.
O ambiente estava cheio, mas ele sentia apenas o cheiro dela. Ele sentia aquele perfume de lavanda por toda parte. E aquela voz ecoava. Ele não conseguia assimilar as coisas. De repente nada fazia sentido, muito menos estar ali. 

domingo, 5 de maio de 2013

Tudo que ela precisava


Sua cabeça estava longe. Na verdade não pensava em nada, e era justamente por isso que se sentia tão distante. Não havia nada para ser dito, então preferiu continuar calada. Era assim que deveria ser. Mas ele precisava ouvi-la, ele estava lá para escutá-la, ele queria saber o que se passava, mas o problema era justamente esse, nada se passava.

A apatia dela deixava-o incomodado. É claro que deixava. Ele se sentia culpado pelas confusões na cabeça dela, mas na verdade ele não tinha culpa alguma.

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...