terça-feira, 23 de julho de 2013

Sobre avaliações, se perder e estar completamente louca por você

Você me perguntou se era bom para mim, e você sabe que mesmo falando tanto eu nunca digo tudo. Minha resposta foi vaga demais para explicar o que você é para mim. Meus sentimentos parecem limitados, mas você sabe que sou imensidão sem fim para tudo nessa vida.

Você não é bom para mim. É verdade. Você me deixa confusa, desajeitada, sem graça, vulnerável, sensível. Você sempre consegue ver através de mim. Você enxerga o eu que as outras pessoas não podem ver. Então você não pode ser bom. Você me arranca sorrisos, suspiros, rimas desajeitadas e textos espontâneos. Faz parte dos meus planos até mesmo sem querer. E você ainda quer que eu te diga que você é apenas bom? Você é excelente.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Para os amores que ainda não foram esquecidos

Você disse que procuraria por mim, disse que estaria aqui nos momentos que eu precisasse. Você me prometeu muitas coisas. Mas essa é a vida, não é? Talvez amor seja isso, promessas vazias cheias de boas intenções. 

As coisas mudaram desde novembro. O frio se instalou na cidade, minha mãe resolveu pintar a casa e temos um gato agora. Minha mãe diz que ele é tão carente quanto eu, talvez seja de fato. Desde daquele dia que vi você partir eu sabia que ia sentir sua falta mais do que o normal. Depois o último telefonema, e agora estou aqui desejando lembrar o som da sua voz, mas é tudo vago. Só o sentimento que continua imenso no meu peito. E é verdade, as memórias se apagam um dia, as fotos somem, as cartas são rasgadas, e de uma hora para outra não há mais nada. Mas ainda há algo aqui, infelizmente.

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...