quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Sobre precisar

- Eu preciso de você. - você me disse isso em um tom calmo, quase como se não precisasse, mas ao olhar em seus olhos eu podia sentir. Eu sabia que aquele era um pedido verdadeiro.
Enquanto estávamos lá, mergulhados no nosso silêncio com nossas mãos frias entrelaçadas eu podia sentir que eu também precisava de você. Mas precisar é algo muito forte, muito intenso para dizer a alguém. Nós seres humanos precisamos de muitas coisas.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Isso é tudo, menos seu.

Do canto da parede, no chão frio onde meu corpo se encontrava naquele momento eu podia te ver. Eu podia te ver através do espelho no quarto. Suas coisas estavam espalhadas na cama, tinha algumas coisas no chão também. A confusão tinha sido tão grande... Você estava sussurrando alguns palavrões. Você sempre faz isso quando não sabe o que fazer. Enquanto socava algumas coisas na mala, você chutava outras que estavam no seu caminho. 
Eu poderia ir até lá. Eu poderia chegar de mansinho e te abraçar lentamente, daquele jeito que eu sempre fazia quando brigávamos. Eu até mesmo poderia te beijar da forma calorosa como costumávamos nos beijar, poderia jogar todas essas coisas da cama no chão e deixar isso passar. Deixar isso ser só mais uma bagunça nas nossas vidas... Mas dessa vez eu não podia. Dessa vez meus beijos quentes não seriam suficientes, nem mesmo o meu perfume floral que você tanto gostava. Essas coisas não iriam mais fazer diferença.

sábado, 3 de agosto de 2013

Eu já estou chegando

Leia escutando.

Quando você ligou e disse que queria me ver eu já sabia que esse seria um daqueles finais de semana que eu não iria esquecer tão cedo. Eu estava animada, e tudo que eu queria era te ver.
A música era boa, nossos corpos balançavam, nossos sorrisos se misturavam com nossos beijos e era uma mistura de sabor. Não tinha muitas novidades, não tinha conversa. Éramos apenas nós. Apenas estar juntos, o resto não era importante. Ninguém entendia, mas ninguém precisava entender mesmo.
Aquele ambiente já estava pequeno, o seu carro já estava apertado, sua casa parecia perfeita. E o tempo voava, mas eu não me importava, eu tinha você.

poderá gostar também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...